O mundo cabe no bolso – foursquare

Matéria que saiu hoje no caderno digital do Jornal “O Dia”

Cariocas descobrem lugares interessantes e contam tudo pelo Foursquare

POR RENATO COZTA

Rio – Compartilhar a localização com os amigos no Foursquare está transformando o hábito carioca de tomar uma chope cada vez mais tecnológico. Mas não é só isso. As recomendações feitas pelos os usuários dentro do serviço podem influenciar na escolha de um restaurante, por exemplo.

“Receber dicas de lugares pelo Rio me animou bastante, mesmo porque são opiniões de amigos meus. Em geral, escrevo se o prato é ótimo, se serve bem duas pessoas, ou se é ruim e não presta”, conta o gerente de Marketing Vinicius Costa. A opinião é a mesma do administrador de redes Rodrigo Bastos, 28 anos. “É uma opção para achar locais interessantes. Dá para ter um parâmetro vindo de quem experimentou o serviço”, conta.

Já a publicitária Bia Quadros, 39 anos, costuma avisar aos seus contatos onde está usando o Foursquare. “Gosto de ver o que as pessoas estão dizendo sobre os lugares, mas não sigo muito as dicas para conhecer locais novos. Uso a ferramenta para avisar meus amigos onde estou. Quem sabe alguém está por perto e aparece para conversar?”, conta.

Quanto à exposição das informações na rede, Vinícius, Rodrigo e Bia não vem problemas em compartilhar a sua localização. “Sinceramente não me preocupo muito com privacidade. Publico só o que eu quero e não dou o endereço da minha casa”, explica Bia.

Vinicius também não esquenta a cabeça. “Você só compartilha o local com quem você quer. Então fico tranquilo”, afirma referindo-se as opções que permitem aos usuários fazerem check-in sem que a informação seja publicada para outras pessoas.

Uso do Foursquare revela outro aspecto importante: a fidelidade dos consumidores. Nos EUA, ela virou moeda para as empresas, que oferecem ofertas especiais aos clientes que têm boa pontuação no Foursquare e é um frequentador assíduo. Por aqui, de olho na influência gerada pelo serviço e tornar mais fiéis os clientes, a rede de restaurantes Spoleto anunciou nesta semana que vai dar um prato de massa para o ‘mayor’ (“prefeito”) toda sexta-feira em três restaurantes no Rio. “Queremos premiar quem gosta da marca. Vamos fazer uma experiência até julho para ver como as pessoas reagem”, explica Lucas Couto, sócio da It’s Digital, agência responsável pela ação.

Segundo o diretor de operações da Pólvora Comunicação, Edney Souza, o uso do Foursquare deve crescer bastante no Brasil ainda este ano. “Já há um público potencial, o que falta é conhecimento dentro das empresas”, acredita. Na opinião de Edney, o investimento no serviço por aqui deve crescer em pouco tempo. “É uma outra forma de experimentar o conceito de cartão de fidelidade. Quanto mais surgirem ofertas, mais os usuários vão ficar interessados”, diz.

Use com segurança

O diretor de operações da Pólvora Comunicação, Edney Souza, não vê o compartilhamento do informação como uma ameaça a segurança. Entretanto, ele dá dicas e ensina truques para quem quer usar o Foursquare, mas fica preocupado com privacidade com o que é colocado no serviço.

Procure não cadastrar a sua casa dentro do serviço. “Se for colocar o lugar onde mora, deixe o endereço em branco ou não use palavras que façam referência a sua residência como ‘casa’, por exemplo”, ensina.

Só faça check-in em públicos, movimentados e com segurança para evitar roubos. “Como o serviço é utilizado em smartphones, você pode virar um alvo para os bandidos. Além disso, o usuário aproveita todo potencial do Foursquare nos locais públicos”, explica.

Não compartilhe as informações no Twitter e no Facebook para não poluir a timeline. “Você vai amplificar as informações e mandá-las para redes nas quais as pessoas não estão necessariamente interessadas em saber a sua localização”, afirma o diretor.

Caso você deseje usar o serviço e fazer check-in sem compartilhar as informações com seus amigos, bastam arcar ‘No’ na opção ‘Share with friends?’ nas configurações do aplicativo.

Dentro do Foursquare só adicione pessoas conhecidas e amigos que você realmente deseja encontrar se estiverem perto de você.

Fonte: O Dia