10+ do Android vs iPhone OS

Desde seu lançamento em 2008, o Android sempre foi concorrente direto do iPhone, sendo considerado por muitos um “iPhone Killer”. De acordo com o site Maximum PC, a plataforma Android inicial superou o iPhone OS em vários níveis, mas faltavam algumas funcionalidades que o iPhone podia oferecer. Desde então, o Andro1d cresceu – e não apenas em atender a todas as funcionalidades do iPhone, mas superando-o em quase todos os aspectos de uma extensa lista de dispositivos.

O site fez uma lista das 10 coisas que Android faz melhor do que o iPhone OS.

1. O Android pode rodar vários aplicativos ao mesmo tempo
Desde a versão 1.0, o Android tem sido capaz de executar vários apps ao mesmo tempo, independentemente de se tratar de aplicativos do sistema ou do Android Marketplace. A versão atual do iPhone OS traz multitarefa limitada, e permite apenas aplicativos nativos, como email, iPod e telefone para executar em segundo plano.

2. O Android mantém informações visíveis na tela inicial

Uma das principais características do Android é sua tela inicial personalizável que mantém visíveis widgets, sempre acessíveis. Enquanto isso, usuários do iPhone são forçados a percorrer uma lista para localizar e lançar cada aplicativo. Se você quiser verificar a previsão do tempo, por exemplo, você teria que encontrar o app, lançá-lo, e depois esperar ele carregar. Com o Android, todas essas informações podem ser exibidas diretamente na tela inicial.

3. O Android tem uma loja de aplicativos melhor
É verdade que a loja da Apple tem mais de 180 mil aplicativos, enquanto o Android Marketplace tem apenas 50 mil, mas o rápido crescimento do Android e sua aceitação lhe dão a possibilidade de alcançar a iPhone App Store.

O Android também tem outra vantagem: um mercado completamente aberto. A Apple recebe cerca de 10 mil pedidos por semana, no entanto, muitos aplicativos são ignorados porque eles parecem simples demais ou negados porque um aplicativo similar já existe. O Mercado Android é conduzido inteiramente por seus consumidores.

4. A entrega de notificações do Android é melhor
O iPhone tem algums problemas com as notificações, pois como são restritas a notificações pop-up, o aparelho só pode lidar com uma de cada vez. O Android, por outro lado, tem uma barra de notificação conveniente que exibe um ícone para cada notificação. A barra também pode ser puxada para baixo revelando mais detalhes sobre cada notificação.

5. O Android deixa você escolher o hardware
Usuários Apple são incentivados a “Pensar diferente”, mas quando se trata de hardware, não há muita escolha. Você pode escolher a cor, preto ou branco, e você terá que escolher entre o de 16GB ou de 32GB. Fora isso, você está preso a um aparelho de 3,5 polegadas, 320×480 pixels, 256MB de RAM e processador de 600MHz.

Como o Android é uma plataforma aberta, os fabricantes têm a liberdade de trabalhar com todo o hardware que quiserem, como o Nexus One (com 3,7 polegadas, 480×800 pixels, 512MB de RAM e processador de 1GHz Snapdragon) ou o Motorola Droid, que tem um teclado físico.

6. O Android deixa você escolher a operadora
Enquanto o iPhone está ligado somente a AT&T, a Verizon tem o Droid Motorola, Droid Eris, e o Droid Incredible. A T-Mobile tem o Nexus One, MyTouch 3G, Behold II, e em breve o Slide MyTouch. Não importa onde você vive, Android permite que você escolha a operadora que é melhor para você.

7. O Android deixa você instalar ROMs
É possível instalar algumas funcionalidades adicionais no iPhone, como aplicativos que não estão disponíveis na App Store, mas a experiência geral é a mesma. Você ainda está preso na mesma interface exata. Semelhante ao movimento ‘Jailbreaking’, o Android tem uma pequena comunidade dedicada à construção de ROMs personalizados para dispositivos Android. Não só o ‘ROMs Customizado’ traz a mesma funcionalidade do Jailbreaking, mas também eleva a experiêcia de customização.

8. O Android deixa você mudar a configuração do aparelho mais rápido
Os usuários do iPhone precisam ‘rodar’ em torno da configuração do sistema toda vez que quiserem usar a internet ou um dispositivo Bluetooth, gastando a bateria.

O Android permite que você use widgets para gerenciar as configurações diretamente de sua tela inicial – e para as configurações menos usadas você também pode criar atalhos na tela inicial para levá-lo diretamente para a configuração que deseja alterar.

9. O Android deixa você mudar a configuração do aparelho mais rápido
Temos mensagens de e-mail, Flickr, Google Docs, Facebook e Twitter. O Android oferece a possibilidade de integrar tudo isso de forma nativa. Sua conta do Gmail pode ser automaticamente sincronizada com o seu telefone. Fotos tiradas com o telefone podem ser carregadas automaticamente para o Flickr. O iPhone só pode fazer isso através do uso de aplicativos de terceiros, e está longe de ser bom o bastante para usar como alternativa ao Android.

10. O Android dá a você mais opções que se ajustam ao seu orçamento
O iPhone 3G custa US$ 99 com um contrato de dois anos e fica mais lento se você tiver feito as últimas atualizações do sistema operacional quando comparado com o 3GS (que você pagaria US$ 199 com contrato de dois anos). Para o Android, cada operadora (exceto para a AT & T) tem pelo menos um telefone Android disponível gratuitamente se você fizer um contrato de dois anos. É claro que estes são aparelhos inferiores, mas eles ainda são comparáveis em desempenho ao iPhone 3GS. Os telefones mais caros do Android custam aproximadamente US$ 199 com contrato de dois anos.

Fonte: Terra Tecnologia