Plano Nacional de Banda Larga: vídeo exclusivo

Vídeo gravado ontem (27/04 via mobile) na 11ª Rio Wireless International Conference, Blog foi convidado para o evento.

 

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, disse ontem que o governo provavelmente não conseguirá cumprir a meta de levar banda larga a 1.163 cidades brasileiras até o fim deste ano.

Apesar disso, ele acredita que a meta do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) de atingir 4.278 cidades até 2014 será cumprida.

“Esse plano provavelmente vai ter que ser refeito, em razão do tempo que demoramos para fazer o contrato de uso das redes do sistema Petrobras-Eletrobras [que será explorado pela Telebrás para provedores de internet no atacado]”, disse Alvarez durante evento no Rio. “Também tivemos questões de contingenciamento orçamentário.”

Para Alvarez, a decisão da presidente Dilma Rousseff de investir R$ 1 bilhão na Telebrás nos próximos anos com recursos do Orçamento ajudará a recuperar o atraso.

“Esse atraso se recupera, porque já foi feito o projeto de engenharia, já tem a compra [dos equipamentos selecionados pela Telebrás]”, disse.

Apesar desses e de outros percalços, como a prorrogação do prazo para que se chegue a um acordo sobre o preço que as operadoras privadas deverão cobrar pelo acesso [no varejo], Alvarez disse que está otimista sobre o PNBL.

“Tem uma articulação do conjunto das medidas, tem os atores políticos, sociais e empresariais, e tem uma ordem da presidente”, disse.

OUTRAS METAS

Alvarez revelou ainda que a Anatel apontou atraso no compromisso das teles de ampliar o acesso à internet nas escolas públicas urbanas até fevereiro deste ano.

“Haverá reunião para entendermos se as razões são de ordem técnica, tecnológica, ou, o que é mais provável, [as operadoras] não deram conta de sua capacidade.”

 

[via]