Teste: nova Toyota Hilux Flex 2015

 

Hilux 2015 - BigSense

Mais um teste de carros aqui no blog, e desta vez com uma picape, a nova Hilux 2015 Flex da Toyota. Dirigimos o modelo top de linha, a SRV, sendo a nova edição da família, a Hilux com motor 2.7 Flex e 163 cv, transmissão de quatro velocidades, tração traseira 4×2 e com cambio automático. Ficamos com ela por quase um mês rodando por todo estado do Rio, fomos à Maricá, região dos lagos, Petrópolis, Miguel Pereira, e é claro, passeamos também pela cidade maravilhosa, visitamos a Pedra da Gávea, Urca e a orla carioca com a famosa “Prainha”. Ao todo, foram quase 3.000 mil quilômetros sentindo a direção por estradas de terras, com buracos, asfalto lisos e até mesmo nos arriscamos entrando na areia fofa na região dos lagos (conto este último caso mais a frente).

A picape Hilux conta com mais de 12 anos de história e está atualmente em sua 7ª geração. A linha conta hoje com 14 versões para atender os consumidores de picapes médias. A versão que foi testada chegou em novembro ao Brasil, com valores abaixo dos R$ 100 mil, mas hoje a SRV 4×2 custa R$ 114.550 e a 4×4 sai na faixa dos R$ 124 mil.

Galeria completa de Fotos no álbum do Flickr

A caminhonete é enorme e sofremos para estacioná-la em alguns dos passeios. A câmera de ré que acompanha está versão ajuda bastante nas horas mais difíceis. A imagem se mostrou bastante nítida, mesmo à noite. Quando a manopla automática é colocada na posição [R], a câmera é automaticamente acionada na tela da central multimídia no painel.

O carro tem uma direção muito macia e confortável, o volante ganhou um modelo menor que se assemelha com a versão do Corolla, com ajuste de altura, acesso a central multimídia e atendimento de ligações. A cabine da picape também se mostrou com uma acústica muito agradável, no dia a dia ou em viagens o barulho do motor em nenhum momento se mostrou muito alto, apenas quando se precisou pisar muito fundo para uma ultrapassagem.

A segurança da picape traz um conjunto bem completo que só é encontrado em veículos de luxo de passeio: air-bag frontal duplo, controle eletrônico de estabilidade (VSC), de tração (TRC), freios ABS e sistemas EBD e BAS. A Hilux conta ainda com garantia de fábrica de 3 anos.

A transmissão automática de 4 velocidades foi um dos grandes pontos positivos do carro. O câmbio é bem rápido e a mudança de marchas não é sentida, o aumento de velocidade é bem suave e não foi sentido nenhum “tranco” em todo tempo de testes. Para a reaceleração a pisada mais forte ganha uma reposta bem rápida com a redução de até duas marchas abaixo.

A picape também se mostrou bem confortável no quesito suspensão, mesmo bem mais dura que o normal,  o resultado entregue é o se que propõem para este tipo de caminhonete, preparada para estradas com relevo irregulares e áreas rurais (a diminuição da calibragem para 28 libras com a carga mínima, se mostrou mais agradável em viagens, mas a prática pode aumentar o consumo de combustível, a companhia recomenda 29 libras como padrão). O freio ABS com disco no eixo dianteiro teve um ótimo desempenho, principalmente no teste que fizemos com a caçamba cheia descendo a serra de Miguel Pereira.

A autonomia desta versão Flex se mostrou bem ajustada, na cidade, cravou em média 7,2 km/l e na estrada fez 9,3 km/l, ambos com gasolina (não conseguimos medir o consumo com etanol).

O ar-condicionado é digital e se mostrou bem potente, mesmo estando sem insulfilme no modelo testado. O espaço interno também favorece para quem viaja no banco de trás, mesmo com o banco do motorista estando na posição máxima para este piloto de 1.89 m, uma pessoa consegue se acomodar muito bem atrás.

O sistema multimídia tem uma tela de 6,1 polegadas com touch bem sensível, que traz GPS, câmera de ré, DVD e TV digital. A entrada USB reconheceu diversos pendrives e tocou músicas em formato mp3 e wma sem travamentos. O pareamento com um smartphone Android por Bluetooth também se mostrou muito útil e com uma configuração bem simples. O painel abriga ainda um computador de bordo mais completo, com consumo médio, autonomia, velocidade média, tempo de condução, indicador de direção econômica e temperatura externa.

IMG_20150629_093949

O GPS não foi testado por completo, mas se mostrou bem atualizado e funcionou sem engasgos nas poucas vezes que foi preciso. Já o sistema de TV digital foi bem difícil de ser testado, já que todos os modelos integrados no sistema multimídia da companhia vem com uma trava de segurança que não permite a utilização quando se está dirigindo, mesmo em baixa velocidade. Até mesmo estando parado em um sinal ou no meio do trânsito, a TV não poderá ser acionada, já que o freio de mão precisa estar puxado.

Agora vamos ao “caso” que eu havia comentado lá no início do post sobre ter entrado com a Hilux em um pequeno trecho de areia fofa. Fica aqui uma superdica: nunca entre em uma estrada de areia fofa com um carro 4×2 e com os pneus cheios, você sempre irá atolar. Em uma emergência desse tipo, esvazie bastante os pneus aonde há a tração, neste caso, no eixo traseiro. Tivemos que esvaziar bastante os pneus para que os mesmos criassem uma maior aderência ao chão e assim conseguisse sair do buraco de areia sozinha. Mesmo com modelos que sejam 4×4 é recomendado que se esvazie um pouco os pneus.

Viber cria corrida para Grupos Abertos

Viber-gruposabertos

Um pedido antigo para o pessoal do Viber acaba de se tornar real hoje. Agora, qualquer usuário “comum” poderá ter sua própria sala de bate-papo no app. O grupo que atingir mil ou mais votos terá seu grupo liberado para uso. Saiba mais no link: www.gruposabertos.com.br

A votação será feita através da hotline +55 11 0800 0800 (número especial que só funciona no aplicativo). O usuário deverá adicionar este número em seu aplicativo e enviar uma mensagem de texto com a hashtag do Grupo Aberto (ex: #GrupodoFifanoViber). Um usuário só pode votar uma única vez por Grupo Aberto. Vale lembrar que os Grupos que tiverem conteúdos ofensivos em sua descrição serão excluídos pela direção.

“Inicialmente, os Grupos Abertos foram criados apenas para parceiros do Viber e celebridades que viam no aplicativo uma melhor forma de se comunicar com os fãs, mas com o passar do tempo, começamos a receber cerca de 200 pedidos por dia de pessoas comuns interessadas em criar seus próprios grupos para tratar dos mais diferentes assuntos”, declara Luiz Felipe Barros, Diretor Geral do Viber.

O ranking com a votação de todos os possíveis Grupos Abertos é atualizado diariamente e o usuário poderá verificar o desempenho de sua candidatura por uma ferramenta semelhante a um termômetro que mostrará se a meta de mil votos (ou mais) foi atingida. Até o momento, há mais de 60 grupos participando da competição.

Teste: Etios Platinum 2015 em viagem de carnaval

Etios Platinum 2015 (Crédito: Victor Nascimento

A Toyota emprestou o novo Etios Platinum 2015 para um teste aqui no BigSense. Aproveitei o feriado do carnaval para fazer uma viagem para Campos do Jordão com o compacto da montadora japonesa. Agora, vamos direto ao ponto, como ele se saiu?

O modelo, topo de linha, se mostrou bem interessante em diversos pontos e somente no quesito espaço do porta-malas, o Hatch ficou devendo. Mas se o modelo for utilizado por uma família pequena, a mala com apenas 270 litros não pesará tanto (vale lembrar que o modelo sedã também conta com nova versão Platinum e com porta malas com 562 litros).

O acabamento desta versão Platinum traz toques de cromado tanto na grade dianteira, como também na parte traseira. Na parte interna, o plástico duro perolizado predomina em todo painel. As rodas de liga leve são de 15 polegadas e ganharam um desenho exclusivo para esta versão. Os bancos contam com um desenho especial e acabamento em couro, presente também no volante.

A usabilidade da central multimídia se mostrou muito boa com uma tela de 7 polegadas com ótima resolução e rápidas respostas ao toque. A versão Platinum traz ainda Navegador, TV Digital, Bluetooth, entrada USB, leitor de DVD, sensor de estacionamento na cor do veículo e câmera de ré com imagens bem nítidas mesmo a noite. A reprodução de arquivos por um pendrive rolou sem engasgos, lendo arquivos .mp3 e .wma.

O espaço interno impressionou a todos os passageiros, mesmo estando com 4 pessoas viajando com malas e mochilas, ninguém passou perrengue em toda viagem. Mesmo o motorista tendo seus 1,90m. A pessoa que viajou logo atrás do banco do motorista também não teve problemas com as pernas.

O motor de 1.5 Flex de 16V, sua carroceria leve e seus 96 cavalos de potência se mostraram um baita conjunto. Tanto nas retas como nas subidas, o motor teve sempre rápidas respostas. A transmissão manual de 5 velocidades está presente em todos os modelos da família Etios 2015. Um ponto falho da montadora, não pensarem nos consumidores que estão buscando um compacto com transmissão automática (a companhia deve trazer uma versão automática em 2016).

A direção com assistência elétrica e uma ótima suspensão bem calibrada, o carro se mostra uma delícia na hora de dirigir. O câmbio é bem leve e preciso nas trocas de marcha. A altura de ruídos internos é baixa, deixando que os passageiros conversem em um tom bem agradável.

Um detalhe que nunca tinha visto em um carro, é o seu porta-luvas com saída de ar-condicionado, bem interessante para se levar alguma comida ou bebida ali dentro. Falando em ar-condicionado, mesmo em um veículo na cor preta, que foi usado no teste, o ar se mostrou muito bom, gelando o compacto bem rápido.

O painel é centralizado e isso é um ponto positivo e negativo ao mesmo tempo. Para quem gosta de um maior espaço para a visão do banco do motorista, vai amar, mas quem não está acostumado com um painel central, vai sempre se ver perdido para encontrar as informações do velocímetro.

O Etios Hatch 2015 é bem econômico! O Inmetro já tinha confirmado a nota máxima “A” no consumo de combustível. Na prática, ele se mostrou realmente bem econômico, fazendo um trajeto com carga máxima de Aparecida até o centro do Rio com apenas meio tanque de combustível, estando ele com gasolina normal e viajando com média de velocidade de 110 Km/h. Na viagem e na cidade ele fez em média 13,8 Km/litro.

A segurança não poderia ficar de fora, a Toyota traz para toda família Etios o air bag duplo frontal e freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), cinto de segurança com pré-tensionador e limitador de força, direção condicionado, vidros e travas elétricos. Felizmente, não precisei testar nenhum dos itens de segurança em toda viagem!

Obrigado mais uma vez a montadora pelo empréstimo e relembro que as opiniões do teste são únicas e exclusivas do blogueiro.

Os preços da linha Etios 2015 chegam por (podendo haver variações nos valores):

  • Etios Hatchback X: R$ 38.380,00
  • Etios Hatchback XS: R$ 42.620,00
  • Etios Hatchback XLS: R$ 46.220,00
  • Etios Cross: R$ 49.190,00
  • Etios Platinum Hatchback: R$ 49.120,00
  • Etios Sedã: R$ 42.470,00
  • Etios Sedã XS: R$ 45.190,00
  • Etios Sedã XLS: R$ 48.880,00
  • Etios Platinum Sedã: R$ 51.780,00

Deezer compra app Stitcher, integrando podcasts e rádio a seu portfólio

Deezer, empresa francesa de streaming, anunciou recentemente a compra do aplicativo Stitcher. A aquisição faz da Deezer a maior provedora mundial de conteúdo em áudio sob demanda, com uma variedade de 35 milhões de músicas e mais de 35 mil rádios online, podcasts e programas com temas diversos.

Deezer+Stitcher

A Stitcher era uma das principais empresas de rádios on-line dos EUA e todo o conteúdo de podcasts será integrado ao Deezer. Mas nenhuma das empresas divulgaram uma data certa para quando essa união vai ser realizada.

A Deezer passa a integrar as funções do app Stitcher, oferecendo programação personalizada para mais de 180 países. A parceria com o aplicativo permitirá que a empresa expanda sua distribuição digital de entretenimento para o setor automotivo, que inclui tecnologias como Apple CarPlay e Android Auto, sistemas que levam a experiência do smartphone aos veículos. O Stitcher também já está disponível em mais de 50 modelos de carros, como BMW, Ford, General Motors, Jaguar e Madza.

O app de streaming ganha força na disputa contra seus principais concorrentes no Brasil: Spotify, Rdio, e o recém chegado Play Música, do Google.

Ambos os apps continuam separados e disponíveis nas principais plataformas móveis:

Deezer – Android | iOS  | Web 

Stitcher – Android | iOS | Web

O Deezer conta atualmente com 5 milhões de assinantes e mais 100 milhões de playlists compartilháveis, permitindo acesso ilimitado a um catálogo de mais de 35 milhões de faixas disponíveis instantaneamente em qualquer dispositivo – PC, notebook, tablet, smartphone, wireless home theaters, no carro e por SmarTVs.

XMA 2014 atraiu os gamers em sua segunda edição da feira

XMA X5 Mega Arena atraiu o mundo dos gamers e seus aficionados na sua segunda edição do evento para assistir campeonatos ao vivo de diversos e-sports. O BigSense acompanhou o evento e traz agora um resumo do que vimos por lá:

O evento ocorreu em São Paulo neste último fim de semana e teve a participação de diversos times profissionais de League of Legends, Combat Arms, Dota 2, Crossfire, Counter-Strike, entre outros. Além dos “e-esportistas”, os gamers podiam jogar todos esses games nos mais de 700 computadores disponíveis na feira. O público compareceu em peso, principalmente no sábado e domingo (últimos dois dias do evento).

Os times de League of Legends foram os mais procurados pelo público da feira. As partidas entre os times INTZ, Kabum! Black, Keyd Stars e paiN Gaming rolaram na tabela do campeonato da BGL League ao longo dos dias da XMA.

Os visitantes da feira puderam assistir aos campeonatos ao vivo direto do evento ou pela Internet, através do canal oficial no Twitch. A estrutura para estas partidas é gigantesca, com super palcos tinham mega telões de LED, palco para os times e os grandes trofeus para os ganhadores. Todas as partidas disputadas no evento contaram com narrações ao vivo dos profissionais que trabalham especialmente com esse tipo de competição.

O público podia também testar e jogar diversos games e demos de jogos ainda nem lançados no Brasil. Um deles era o o Smite, a Arena dos Deuses (uma mistura de MOBA e combates de arena em terceira pessoa). Desenvolvido pela Hi-Rez Studios, o jogo foi lançado oficialmente pela Level UP na XMA. A empresa prometeu ainda uma seletiva brasileira para o campeonato mundial do game que acontecerá em Atlanta, nos Estados Unidos, em 2015.

O Smite promete ser um sucesso por aqui, é uma mistura de jogo de ação e estratégia e já chega todo traduzido e localizado para o Português. O melhor de tudo, o game para PC é gratuito e pode ser baixado direto no site da Level UP. A Hi-Rez também anunciou o lançamento de uma versão do jogo para Xbox One em 2015. Confira um gameplay do Smite:

Um dos stands que chamou a atenção no XMA foi o da NVDIA, uma das patrocinadoras do evento e juntamente com seus parceiros Razer, Avell, Philips e BenQ. O público podia participar de competições e desafios que rolavam diariamente e contavam com computadores potentes para jogarem a vontade games como The Crew, Gauntlet, Demo do Dying Light, entre outros.

A empresa aproveitou o grande palco e telão LED na feira para realizar o lançamento oficial das novas GPUs GeForce GTX 980 e GeForce GTX 970, as primeiras placas de vídeo produzidas com a nova arquitetura Maxwell anunciadas recentemente pela companhia.

A Philips apresentou seu novo monitor com a tecnologia NVIDIA G-SYNC e a Avell trouxe os notebooks mais potentes, que custam por volta dos R$ 10 mil. Os modelos da companhia ficavam a disposição para serem testados com força máxima pelo público em geral.

Leo de Biase, gerente de Marketing e relações públicas da NVIDIA Brasil conversou com o BigSense sobre o evento deste ano.

“A XMA se consolida cada vez mais como o santuário dos gamers de PC, que é a plataforma mais utilizada no mundo. O cenário competitivo nacional cresce cada vez mais e a NVIDIA está sempre apoiando não somente os eventos, mas também os times e os jogadores, entregando para eles a melhor experiência nos games”, completou de Biase.

Os desenvolvedores brasileiros também tinham o seu espaço por lá. Em uma área de 300m2, cerca de 20 empresas/startups exibiam suas produções para o público da feira.

Das equipes de e-sports, a paiN Gaming faturou os campeonatos de Dota 2 e League of Legends. Ao todo, foram quase R$ 10 mil em premiações que a equipe levou pra casa.

A segunda edição do XMA X5 Mega Arena distribuiu ao todo mais de R$ 120 mil em prêmios para os competidores e reuniu mais de 70 mil visitantes.

Post 1 de 3212345...102030...Último »